ENCONTRAMOS E PROVAMOS KIBE E ESFIRRA DIFERENTES NO CANADÁ

Você também vai gostar...

10 Responses

  1. Avatar Anonymous disse:

    Oi Fabiana e Eric! Adoro os videos de vcs! Gostaria de sugerir um tipo de reportagem que pra mim seria como um remédio, uma terapia. O que acham de fazerem uma reportagem sobre SENTIMENTOS E SAUDADES PÒS-MUDANÇA PARA O CANADÀ. Queridos falo isso porque mudei para o Canadá e não aguentei a saudade, ter que cozinhar, arrumar, o frio, sofri com a adaptação dos meus filhos pequenos em escola e tantas outras coisas. Voltei com minha família para o Brasil, Porto Alegre. No início estava feliz, mas depois veio um enorme arrependimento e uma sensação de fracasso. Muitas vezes tenho muita raiva de mim por não ter sido forte para superar a adaptação. Ainda posso e quero muito voltar, mas tenho medo do Canadá, não sei Why!!!!
    Meu marido trabalhava na área dele e a vida da gente era tranquila financeiramente. Sei que meus motivos eram bobos. Então gostaria de saber se esse tipo de sentimento é normal, se vcs ou amigos de vcs passaram por isso ou se eu realmente sou uma pessoa fraca. Queria muito voltar e posso! Daí a minha sugestão da reportagem mencionada acima!
    Um grande abraço e desculpa se estiver sendo inoportuna!

    • Avatar Anonymous disse:

      Olá Anônimo. Veja bem, talvez esse sentimento de que não esta bom seja muito mais interno que externo. Portanto, estando no Canadá ou no Brasil, você sempre levará seus problemas contigo. Outro motivo que talvez a esteja fazendo infeliz são as noticias na televisão, a reclamação das pessoas em relação ao Brasil, etc. Minha dica é você se desligar um pouco dessas reclamações e noticias ruins. O Brasil é um país fantástico à sua maneira, porém tem uma população com uma auto estima muito baixa. Como dizia um grande amigo meu muito sábio: o mal faz muito barulho e chamando a atenção de todos a sua volta enquanto o bem passa despercebido. Por fim, eu te digo que não é o lugar que você mora que vai te deixar mais feliz ou infeliz, mas a maneira como você enxerga a vida. Abraço e tudo de bom

  2. Avatar Dimitri Kozma disse:

    Olá! Muito interessante seu caso e acho que podemos fazer um programa sobre este tema.
    Você teria mais informações? Em que cidade vc morava? Quanto tempo ficou? O que puder compartilhar ajudará para a gente poder responder melhor. (não precisa se identificar se não quiser.).
    abraços

  3. Avatar Anonymous disse:

    Não gostaria de dar maiores detalhes para registrar aqui. Existe algum outro que eu possa te escrever!
    Um abraço!

  4. Avatar Anonymous disse:

    Oi, voce nao esta sozinha. O problema eh que ninguem comenta o retorno ou escolha de outro lugar. So dizem “bye-bye”, entao voce pode achar que seu caso eh de um ET. Calma.
    Aconteceu comigo. Conheci meu future husband no Brasil e e ele voltou para o Canada, (cidade do interior de BC.) Ele casou e eu casei. Anos depois nos encontramos pela net e ele me convidou para conhecer o pais dele. Vim, namoramos, paixao, etc..e 2 anos depois casamos. Quem disse que seria bom ? Nao consegui me adaptar de jeito nenhum. Morar numa cidada pequena onde todos me observavam, nada para fazer a nao ser arrumar a casa e cozinhar. A familia dele nao ajudou pque eu nao dominava a lingua. Fui para uma escola onde so tinha pessoas da Asia e eu nao entendia eles. Um atraso de vida. Aquele inverno e eu sem amigos. Voltei para minha terra e retomei meu emprego maravilhoso e so depois (veja bem) so depois de 4 anos resolvemos voltar e tentar a vida no Canada. Ele foi me buscar la em porto alegre, pque eu estava de ferias na familia e fizemos um plano. 6 meses de experiencia , se nada melhorar, ele iria comigo para o Brasil, mas para morar em garopaba- sc. E deu certo. Mudamos de cidade em BC e temos filhos quase adolescents e a vida esta muito boa. Neste tempo conheci gente que foi embora pros USA, para Spaulo, Rio. Mexico, Africa e Diamantina -MG. cada um tem uma estoria para contra. nada eh definitive e Canada nao significa uma vida boa para todos, as vezes pode ser um pesadelo, viu? bjos O mundo eh maior que isto.

  5. Avatar Marilia disse:

    E o endereco amigo ? Mostram, contam e experimentam e deixam a plateia chupando o dedo?
    Em Brasilia eu so achava em aniversarios ou no famoso bar “Beirute” conhecido como o melhor kibe da cidade servido com chopp. Ai, que saudades!
    ps: tambem sei de casos onde Canada nao foi a melhor escolha, mas nao quero relatar agora.
    Marilia. favor passar o endereco se bem que ja achei ate guarana perto da minha casa e sem saber ia ate Commercial Drive para comprar..Vou ligar e pedir informacoes se eles sabem perto daqui. .

  6. Avatar Leticia disse:

    Olá Fabiana e Dimitri! Adoro os vídeos de vcs! Gostaria muito que vcs me tirassem uma dúvida, acho que a Fabiana vai saber responder melhor sobre isso. Vi que a compra de anticoncepcionais aí no Canadá só pode ser feita mediante apresentação de receita médica. Irei para Kingston/On no final de abril e, como tomo anticoncepcional, queria saber se consigo comprá-lo com receita de um médico brasileiro traduzida pro inglês, pois a consulta com médico daí sai um pouco cara para mim já que, como vou como estudante, tenho que levar em consideração a conversão real/dolar. Isso é possível? Se sim, sabem dizer se a tradução precisa ser juramentada e se eles ficam com a receita?
    Ficarei muito feliz se puderem responder. Obrigada!!

    • Avatar Anonymous disse:

      Oi Fabiana..pedindo licenca para responder . O melhor caminho eh ir em qquer clinica e pedir o anticoncepcional. Esta estoria de trazer traduzido etc…e so para se incomodar, pque a farmacia manda fazer e eles tem que ter o pedido do medico daqui. Se vc acha caro uma simples consultinha, deveria se perguntar o que vem fazer aqui.?..pque o barato pode sair bem caro..Outra opcao eh trazer muitas cartelas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *